beleza e propósito


Quando você contempla a beleza,
o propósito, é certo, cairá como uma doce chuva.

Não apenas qualquer tipo de beleza.
O autor da beleza.
A perfeição do perfeito.
É nesse lugar que nós descobrimos que há uma história sendo contada com a nossa vida. A grande obra prima de uma história, dada para nós pelo nosso criador.

E é aqui que o peso do nosso chamado é sentido.
Nossa história não está terminada.
Nós temos muito para fazer.


Mas aqui está o problema. Como meu pai disse,
"Se o propósito vem primeiro, então nosso corações tornarão a adorar o que fazemos ao invés do Único que deu a nós nossa história."

Se nós respondermos ao chamado, mas esquecermos a beleza inigualável de Deus, então nós adoraremos o trabalho de nossas mãos ao invés de Jesus.
Erro épico.

Que nós possamos ser a geração que redefine o sonho americano.
"Eu darei a minha vida por outro. Eu perseguirei corajosamente meu destino e chamado, mas eu nunca abandonarei meu Deus que me deu a minha história, que é a razão porquê eu respiro, que é a fonte de vida. Eu subirei a montanha de Deus. Eu vou sentar aos Seus pés e e derramar o meu amor.

Nós devemos sentir nossa inadequação de manter essa linha. Nós não podemos sem Deus.
Clame por Jesus, por Sua inundante Graça.
Eu prometo a você, na Presença de Jesus, nosso chamado é claro.
A claridade vem. A ousadia explode.
Mas nós nunca devemos preferir nosso chamado ao invés da presença e da perfeição da beleza de Jesus.
Nós somos adoradores, seguros como filhos e filhas de Deus.
Todo o resto que nós fazemos é como um recesso ao longo da vida no jogo do mundo.

Como Heidi Baler diz, "Toda fecundidade flui da intimidade."
Não podemos nos dar ao luxo de esquecer. O mundo está clamando para que os filhos e as filhas de Deus sejam revelados.

Mas primeiro, beleza.


*Texto traduzido livremente por mim. Versão original por United Pursuit, aqui.

Postar um comentário

Instagram

TALITA NERES. Theme by STS.